44- Caótico


A tez colada no vidro
As gotas gélidas
Descendo em caracóis
A chuva na rua
O ar quente embaçando 
A fumaça cinza
Embrenhando-se aos miolos
Risadas distantes
Cadeira no chão
Tinta em salpicos febris
Folhas pela escuridão
Olhos lacrados
Boca caída 
Lágrimas sulcando a pele
Sussurros
Vozes
Gritos
Seu caos

0 comentários :

Postar um comentário

Muito obrigada por lerem. Espero que tenham gostado. Então, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Acha que ficou alguma coisa confusa? Gostou ou não gostou? É só comentar que eu adorarei ler :)

Se ainda não segue o blog, lembre-se que é bem rapidinho seguir. É só clicar em participar na caixinha de docinhos ali no canto. Siga também nas redes sociais. Beijocas e até mais!