19- As Luzes da Noite


A casa se misturava aos tons de preto e branco. As luzes apagadas não mostravam nada. O silêncio era inquietante. O lugar parecia distante de tudo, de todos. As pessoas dormiam inabalavelmente, entregues a suas ilusões noturnas. 

No andar de cima, a criança se apoiava no berço e observava a janela fechada. O vidro embaçado deturpava a realidade. O brilho do céu mesclava-se ao brilho da cidade. O quadro era bonito e colorido, mas algo prevalecia àquela encanto. 

As luzes da noite se apagavam sob o sorriso da criança.

0 comentários :

Postar um comentário

Muito obrigada por lerem. Espero que tenham gostado. Então, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Acha que ficou alguma coisa confusa? Gostou ou não gostou? É só comentar que eu adorarei ler :)

Se ainda não segue o blog, lembre-se que é bem rapidinho seguir. É só clicar em participar na caixinha de docinhos ali no canto. Siga também nas redes sociais. Beijocas e até mais!