10- Ao alcance de sua imaginação


A tarde descia sorrateiramente. O lugar não estava silencioso. As crianças corriam de um lado para o outro, divertindo-se com algo que os adultos não conseguiam ver. Sentados nos bancos da praça, eles até que tentavam. Mas não havia nada na frente dos pequenos. Apenas o anoitecer que chegava aos poucos. Apenas as risadas. A diversão infantil. Um mundo inteiro. Algo que muitos daqueles adultos esqueceram que era possível se divertir com aquilo. Algo que muitos daqueles adultos talvez nem mais soubessem que ainda tinham. A imaginação.

0 comentários :

Postar um comentário

Muito obrigada por lerem. Espero que tenham gostado. Então, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Acha que ficou alguma coisa confusa? Gostou ou não gostou? É só comentar que eu adorarei ler :)

Se ainda não segue o blog, lembre-se que é bem rapidinho seguir. É só clicar em participar na caixinha de docinhos ali no canto. Siga também nas redes sociais. Beijocas e até mais!