61- Querida


Querida,

Não sei por onde começar. Por nenhum lado é fácil. Talvez eu comece pelo passado, dizendo o quanto um dia você me encantou. Seu jeito doce de ver as coisas. Seu sorriso raro, mas sempre brilhante. Seus olhos curiosos com uma beleza peculiar. Isso tudo me fez lhe amar cada vez mais. O que só torna as coisas mais difíceis. Nós dois sabemos que de uns tempos para cá a vida nos apresentou desafios - os quais você enfrentou bravamente sem nem ao menos indagar o porquê de tudo ser tão difícil para nós dois. Mas eu não. Eu não consigo. Não que eu não rodasse o universo inteiro por você. Não que eu não me afogasse em águas profundas para lhe salvar. Pelo contrário. Eu faria tudo isso e muito mais por você. Mas eu não consigo! Não consigo lhe ver sofrendo por minha culpa. Não consigo ver tanta maldade nos olhares das pessoas virados para você. Isso me mata aos poucos. Não consigo lhe ver sofrer. Eu sei que o adeus irá doer também. Que eu estou desistindo do que construímos e sonhamos. Sinto muito. Mas você verá que é para o seu bem. Eu irei lhe proteger sempre, mesmo que afastado. Eu estarei ao seu lado mesmo que não possa me ver. Mas quero que busque a felicidade em outra pessoa e que o mundo também lhe faça feliz. Eu lhe amo, mas é hora de deixá-la ir.

Um abraço,

A pessoa que não aguenta mais lhe ver sofrendo.

0 comentários :

Postar um comentário

Muito obrigada por lerem. Espero que tenham gostado. Então, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Acha que ficou alguma coisa confusa? Gostou ou não gostou? É só comentar que eu adorarei ler :)

Se ainda não segue o blog, lembre-se que é bem rapidinho seguir. É só clicar em participar na caixinha de docinhos ali no canto. Siga também nas redes sociais. Beijocas e até mais!