Instante



Minhas janelas estão fechadas
E eu estou jogada em algum lugar
Nessa imensidão que para mim
É o meu quarto.

Fecho os meus olhos e por um instante
Paro de pensar nas coisas que me afligem
Paro de me preocupar com tudo
Por apenas um instante.

Por apenas um instante
Eu paro para ouvir o que me circunda
Paro para ouvir o som dos passos do meu irmão
Das pessoas caminhando na rua...

E por mais que para muitos aquilo
Não fosse nada de mais
Naquele instante foi muito para mim
Poder sentir que tudo estava lá.

Tudo estava funcionando como deveria funcionar
E eu estava jogada em algum lugar
Na imensidão do meu quarto.

0 comentários :

Postar um comentário

Muito obrigada por lerem. Espero que tenham gostado. Então, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Acha que ficou alguma coisa confusa? Gostou ou não gostou? É só comentar que eu adorarei ler :)

Se ainda não segue o blog, lembre-se que é bem rapidinho seguir. É só clicar em participar na caixinha de docinhos ali no canto. Siga também nas redes sociais. Beijocas e até mais!