Nênia dos anjos

O poema foi baseado na música Angels Cry (tanto na versão ft Ne-Yo quando no solo da Mariah Carey). Tem o mesmo nome da minha história e foi escrita para ela. Pode lê-la aqui (e obrigada a todas as criticas e elogios, mesmo a história tendo ainda só 3 capítulos rsrs).



Não deveria ter ido
Deixado tudo para trás
Eu poderia ter voltado
E ter feito tudo dar certo
Mas eu tratava tudo como um nada
E agora nada mais posso fazer.
Depois que se foi

Seu último suspiro me fez pensar
Que tudo podia ter dado certo
Se tivéssemos feito certo.
Se lembra que costumávamos
Ser felizes
Mas por minha causa
Você se foi
E eu não pude dizer adeus
Se lembra que costumávamos
Tocar as estrelas.

Eu queria lhe ver mais uma vez
Poderia lhe dizer tudo
Me despedir e fazer
Que tivesse valido a pena
Não consigo me acostumar à ideia
De viver sem você.

Não vou esquecer dos dias bons
Por causa dos ruins
Nós eramos perfeitos juntos
Mas por minha causa
Tivemos que nos separar.

Poderíamos ter recomeçado
E feito tudo certo
Mas agora não há tempo
Nem ao menos para o adeus
Nem ao menos para dizer
O quanto eu lhe amava.

Porque o que vivemos
Foi muito pouco
Para dizer tudo o que pensávamos
E agora nada adianta
Tudo se transformou em um nada.

Eu queria lhe ver mais uma vez
Poderia lhe dizer tudo
Me despedir e fazer
Que tivesse valido a pena
Não consigo me acostumar à ideia
De viver sem você.

Eu sinto a sua falta
E nada posso fazer para que volte
Mas eu quero muito
Que onde quer que esteja
Escute o meu adeus.

0 comentários :

Postar um comentário

Muito obrigada por lerem. Espero que tenham gostado. Então, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Acha que ficou alguma coisa confusa? Gostou ou não gostou? É só comentar que eu adorarei ler :)

Se ainda não segue o blog, lembre-se que é bem rapidinho seguir. É só clicar em participar na caixinha de docinhos ali no canto. Siga também nas redes sociais. Beijocas e até mais!