Não adianta mais

Eu nunca tinha notado
Que os seus olhos
Eram sempre tão úmidos.

Sua boca,
Agora que me lembro,
Não sorria de felicidade.

Você andava arrumada
Mas parecia
Que aquilo não lhe importava.

Sua mente 
Sempre esteve muito distante
Não é mesmo?


Eu nunca percebi
O seu sofrimento
Mesmo estando ao seu lado.

Demorei de mais
Para perceber tudo
E agora não adianta mais.

Por que sempre achei
Que você sempre estava feliz
Quando tenta me fazer sorrir?

Infelizmente...
Demorei de mais...
Não adianta mais.

0 comentários :

Postar um comentário

Muito obrigada por lerem. Espero que tenham gostado. Então, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Acha que ficou alguma coisa confusa? Gostou ou não gostou? É só comentar que eu adorarei ler :)

Se ainda não segue o blog, lembre-se que é bem rapidinho seguir. É só clicar em participar na caixinha de docinhos ali no canto. Siga também nas redes sociais. Beijocas e até mais!